3 de nov de 2009


"Tenho um amor fresco e com gosto de chuva,
e raios e urgências.
Tenho um amor que me veio pronto.
Assim, água que caiu de repente.
Nuvem que não passa.
Me escorrem desejos pelo rosto, pelo corpo.
Um amor susto.
Um amor, raio trovão fazendo barulho.
Me bagunça.
E chove em mim todos os dias."

(Caio Fernando Abreu)

15 comentários:

L.A disse...

Lindo de se ler. De sentir.

Verônica disse...

Lindo poema! *o*

Iúri "Zúluri Regueiro" disse...

bela escrita sim senhora

- disse...

Caio doce.

Only_Dark disse...

Q bonitinho ^^
Belo blog!

Bjo

*** Cris *** disse...

OLá, td bem?
Tem selinhos lá para vc, o selo do meu blog e um meme, tá?
Bjs!

*** Cris *** disse...

LIndo o texto, adoro tudo que é amor, adoro dias chuvosos, ACHO ROMÂNTICO.
BJS!

Sonia Schmorantz disse...

Lindo, sem muito o que dizer a não ser ler e reler!
Um abraço

Iúri "Zúluri Regueiro" disse...

gostas te ?
leste o capitulo um?

espero que continues a vir ca..mts mts beijinhos

o barco vai continuar

Kim Sousa disse...

Queria tanto ter um amor assim...mas como não...adorei os versos

bogudan disse...

I don't understand what you were saying but the pic is incredible.

Bia Monteiro disse...

Belíssimo...
Qro um amor assim...
Hehehe
Bjin linda
=D

Sereia disse...

Voltei para diminuir o vazio...
Aliás,vazio aqui nunca hei de ficar...
Parabéns pelo post...
Um beijo grande

*** Cris *** disse...

Olha eu aqui de novo...rs. Tem outro selinho lá pra vc,tá?
Bjs!

Iúri "Zúluri Regueiro" disse...

gostou de viajar pelo barco?

entao e lutao pelo mundo melhor?
uma historia engraçada...de la um salto
bjbj