17 de jan de 2010


Tudo o que girava a minha volta,
agora não faz mais sentido.
Tudo o que me fazia sentir o coração pulsar,
é apenas a degradante rotina.
Eu tento conseguir mais tempo,
mas parece tudo desandar;
tudo está fugindo do meu complexo.

Estou perdendo a razão de tudo o que me deixa abalar,
a angustia fala mais alto do que o que me envolve;
mas tudo não passa de um centro
promiscuo que me deixa revoltada com a vida.
Quero desmascarar o dia,
mas ele não deixa saída para fazer
um planejamento, ele estraga o
tempo trazendo imprevistos desgastantes.
É como não ter certeza e sentir a verdade,
eu desprezo o que você pensa e dou
importância a minha vivencia sobre todos...

Autora: Marina Bromfild

7 comentários:

Juliana. disse...

A nossa vida se torna mais do que tudo!!

Bjos e um ótimo domingo de muita vida e paz!!

EU SOU EU disse...

Palavras certas para um tempo de instabilidade...palavras profundas para uma altura complexa...
Adorei....
E um pequeno aparte...
Aqueles que se decepcionarem com o que és...com o que fazes... não merecem sequer..partilhar um mesmo espaço contigo...mesmo que em silêncio...

LUCIMAR SIMON disse...

Nada segue sem a permissao, o que nos invade nos marca, o que por nos passa, nos permite viver muito e muito mais, somos vivos por viver em mundos diferentes o que nao queremos no escapa.

Beijos

Desirèe disse...

Fazia um bom tempo eu lia seu blog, mas acompanhava de longe.
Acho que esses pequenos vazios me preenchem.

Beijos.

jefhcardoso disse...

Tempo que esvai é tempo perdido? E o desprezo? Paga ao desprezível?

Jefhcardoso conhecendo os mundos de blog em blog>>

http://jefhcardoso.blogspot.com

Lídia Borges disse...

Despi-me de todos os desejos
Sou livre
Deixei a minha alma nua
Compremetida só com o nascer do dia
Com a nostalgia da lua

Um beijo

Ady disse...

Tudo parece tão claro nessa desordem de pensamentos...
O mais importante de tudo é a vida...é sentir que estamos vivas...

Adorei, Parabéns! Belo texto!
Bjos