3 de dez de 2009


Alheias e nossas. as palavras voam.
Bando de borboletas multicores, as palavras voam
Bando azul de andorinhas, bando de gaivotas brancas,
as palavras voam.
Viam as palavras como águias imensas.
Como escuros morcegos como negros abutres, as palavras voam.

Oh! alto e baixo em círculos e retas acima de nós, em redor de nós as
palavras voam.
E às vezes pousam.


( Cecília Meireles )

9 comentários:

Myÿ h disse...

Cecília meireles tem cada poema! oh! *-*

Salvador d'Almeida disse...

acabei de pousar nas tuas palavras para voar com elas

SONHADORA disse...

VOAM A PALAVRAS...SEM DESTINO CERTO...
EU VOO TAMBÉM...
EM MEU PENSAMENTO...
VOANDO SEM FIM...
COMO AS ANDORINHAS...
VOANDO...VOANDO...P"RA JUNTO DE TI..

BEIJO

Adriana disse...

E como voam....

E trazem alegria e serenidade para este chuvoso dia aqui em MG.

Abraços e bom final de semana !!!

Bia Monteiro disse...

É por isso e por todas as outras coisas q naum me canso de vir aki...
Bjitos amiga...
=)

Mikaele Tavares disse...

Lindo esse poema...
Tbm gostei do seu poema abaixo..
Seu blog me faz bem..
Beijos

Encanto disse...

Olá!!

Fiquei muito feliz
quando li o que escreveu no meu cantinho..
Eu simplesmente adorooo tudo aqui.
Vc é showww!!

Obrigada pelo carinho.
Volta, Volta sempre!!

Beijosss no ♥

Juliana. disse...

As palavras soam muito em nós, carregadas de sentidos!
Muito bom,
ótimo domingo!

Ady disse...

Adoro vir aqui, te visitar...ler seu cantinho, voar com vc!

Beijos e PARABÉNS!