10 de mai de 2011

Palavras ausentes


As palavras que não escrevo,
são as que definem quem sou eu.
Mas para dizer a verdade,
já não tem mais tanta importância...
Sinto-me ausente de mim.

Autora: Sandra Ribeiro

9 comentários:

SolBarreto disse...

Suas palavras se encaixam perfeitamente ao meu momento...

Angélica Lenza disse...

Oiii.. Adorei seu Blog.. =D
Lindo mesmo, Parabéns!!
Beijos!!

LUCIMAR SIMON disse...

Ei,,,, mas que historia é essa? Rssrrssr essa pessoa cheia de duvidas sou eu... pode parar em Sandrinha... Rsss e que isso de nao ser o que nao escreve? Nossa mas que enigma é esse? ah nao, assim fico confuso,rssrsrsr, mas adoro, adoro de paixao ler vc nas entrelinhas...

Bjos no coraçao...

tarcio tavares disse...

Perfeito!

tarcio tavares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flavia Neris, disse...

Muito profundo adorei .
Estou te seguindo amei seu blog .
Obrigada pela sua visita , volte mais vezes .




http://flavianerisfala.blogspot.com/

✿ chica disse...

Lindo e profundo teu poema!beijos,tudo de bom, chica

» Cynthia Brito! disse...

Oh, que triste! Ainda assim muito profundas e reais! Belas, devo dizer!

Que essa dor seja derrotada!

beeeeeeeeijos

A.S. disse...

As palavras que não escreves são aquelas que te ardem sobre a pele... são palavras que molham os teus lábios! São aquelas que acabarão com a ausência de ti!


Beijos meus,
AL