3 de ago de 2009


Então me diz qual é a graça,
de já saber o fim da estrada,
quando se parte rumo ao nada...


Autor: Paulinho Moska

Um comentário:

Lia* disse...

nao tem graça nenhuma de facto.. a graça das coisas esta no desconhecido.. na surpresa de nao se saber o q se segue.. :)

beijinho