14 de ago de 2009


Tudo passa...

A ilusão fascina, mas se desvanece...
A posse agrada, porém se transfere de mãos...
O poder apaixona, entretanto, transita de pessoa.
O prazer alegra, todavia é efêmero.
A glória terrestre exalta e desaparece.
O triunfador de hoje, passa, mais tarde, vencido...
Tudo, nesta vida, tem um propósito...
A dor aflige, mas também passa.
A carência aturde, porém, um dia se preenche.
A debilidade física deprime, todavia, liberta das paixões.
O silêncio que entristece, leva à meditação que felicita.
A submissão aflige, entretanto fortalece o caráter.
O fracasso espezinha, ao mesmo tempo ensina o homem a conquistar-se.
A situação muda, como mudam as estações...

Autor:
Equipe de Redação do Momento Espírita,
inspirada em mensagem de Rubens Costa Romanelli.

Um comentário:

Maria disse...

Achei tão bonito...

P.S.: Gostei muito dos seus blogs. Vc escreve muito lindo!

Beijos doces